BECE - Biblioteca Estadual do Ceará BECE - Biblioteca Estadual do Ceará

Centenário de Paulo Freire é celebrado em webinário da Biblioteca Pública
Centenário de Paulo Freire é celebrado em webinário da Biblioteca Pública

A Biblioteca Pública Estadual do Ceará (Bece), equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará – Secult Ceará, gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar – IDM, celebra o centenário de Paulo Freire com o Webinário “100 Anos de Paulo Freire: conhecimento libertário e educação para a autonomia”, nos dias 22, 23 e 24 de setembro de 2021, das 10h às 12h. A atividade será transmitida ao vivo pelo Youtube e contará com a participação de estudiosos e pesquisadores em Paulo Freire da Universidade Estadual do Ceará (UECE), Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), das Universidades Federais do Ceará e da Bahia e da Escola Porto Iracema das Artes.

 

Paulo Freire ampliou os olhares com o seu modo de propor e de fazer educação. O webinário, em sua homenagem, promoverá a interlocução entre profissionais de diferentes áreas do conhecimento acerca das suas contribuições para as práticas pedagógicas, às Artes, à História, à Literatura e às relações dialógicas voltadas à acessibilidade de pessoas com deficiência, inclusive. 

 

O evento que propõe homenagear Paulo Freire pelo valor de seu pensamento e de suas proposições políticas como um educador, iniciará no dia 22/9, às 10h, com a mesa intitulada “Paulo Freire: ler o mundo, gerar conhecimentos”. Os educadores e pesquisadores João Figueiredo (Universidade Federal do Ceará – UFC) e Iago Barreto Soares debaterão como Paulo Freire tem sido lido na atualidade pelas diferentes áreas das Ciências Humanas e no que consiste o seu método de ensino. A mediação será feita pela também educadora e pesquisadora Kellynia Alves (UECE).

 

O segundo dia do webinário, 23/9 (10h), traz ao debate o tema “Ensinar e aprender: a realidade dos sujeitos e a escrita da Pedagogia do Oprimido”. Com a participação de Sérgio Coelho Borges Farias, educador e pesquisador da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Francisco Régis Lopes Ramos, historiador e pesquisador da UFC, e mediação de Carla Vieira, historiadora e pesquisadora da Coordenação de Acervo, Pesquisa e Conhecimento – CAPC/Bece, a mesa visa a responder “Como o livro Pedagogia do Oprimido se relaciona com a posição política de Paulo Freire?” e “Qual a trajetória intelectual do Educador e os processos de escrita e publicação deste que é o seu trabalho mais conhecido?”. 

 

O centenário do Educador Paulo Freire repercute em meio às conturbações políticas do Brasil na atualidade, momento no qual o conhecimento, como baliza da liberdade e promotor da autonomia dos sujeitos sociais e suas comunidades, vem experimentando o fundamentalismo nas mais variadas instâncias da sociedade brasileira”, afirma Rodrigo Ribeiro, historiador e coordenador do Acervo, Pesquisa e Conhecimento – CAPC/Bece.

 

Paulo Freire acreditava na prática educacional compartilhada, dialogada e experienciada. O seu pensamento que norteia distintas formas de educar através do saber na invenção e de incluir os diferentes e as diferenças, será tema do último dia do webinário. Intitulada “Experiências de educar: Paulo Freire nas políticas públicas para a educação e à cultura”, a mesa, que acontece dia 24 (10h) contará com a participação de Fabiano dos Santos Piúba, educador e Secretário da Cultura do Estado do Ceará, Bete Jaguaribe, professora e diretora de Formação e Criação do IDM e Cristiane Holanda, gestora da  Coordenadoria de Justiça Restaurativa da Vice-Governadoria do Ceará.

 

Paulo Freire fez do cotidiano um referencial dialógico, um motivo à mediação do conhecimento. Através das palavras geradoras, ele conferiu ao prosaico da vida a estatura da conquista da leitura, da decodificação e da apreensão das linguagens do mundo, do existir.  

 

ACERVO EM DESTAQUE

Como parte da programação do 100 Anos de Paulo Freire: conhecimento libertário e educação para a autonomia”, os bibliotecários e estagiários da Biblioteca Pública e da Biblioteca da Escola Porto Iracema das Artes apresentarão os acervos com o foco em obras de Paulo Freire. No dia 22, conheceremos os acervos dos setores Setores Infantil e de Atualidades, com os estagiários Alane Delmondes e Ivan Ribeiro, respectivamente. No segundo dia (23), os bibliotecários Thamyle Vieira e Igor Peixoto apresentarão o setor Leitura Acessível. Finalizando (dia 24), Iolanda Evangelista, da Biblioteca do Porto Iracema das Artes, e Marcos Rodrigues, do Setor de Leitura Acessível da Bece encerram as apresentações. 

 

Serviço:

Webinário “100 Anos de Paulo Freire: conhecimento libertário e educação para a autonomia” 

Dias 22, 23, e 24 de setembro, das 10h às 12h

Mesas: “Paulo Freire: ler o mundo, gerar conhecimentos” (22), “Ensinar e aprender: a realidade dos sujeitos e a escrita da Pedagogia do Oprimido” (23) e “Experiências de educar: Paulo Freire nas políticas públicas para a educação e à cultura” (24).

Todo o webinário contará com acessibilidade em Libras.

Youtube da BECE 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support