Dia 17 de agosto O Sal do Machado de Ossip Mandelstam traduzido por Astier Basilio

18h | Lançamento de Livro “O Sal do Machado” de Óssip Mandelstam traduzido em cordel por Astier Basílio + Roda de poesia “O Sertão e a Sibéria: As relações entre a poesia Russa e a poesia Nordestina”

Sinopse: Foi visitando um sebo de livros raros, que Astier Basílio teve a inspiração para seu novo projeto. “Vi a primeira edição de várias obras de poetas como Iessiênin, Akhmátova, Pasternak e, do ponto de vista editorial, era muito parecido com os folhetos dos cordelistas nordestinos”. Trabalhando há três anos traduzindo e estudando a obra do poeta russo Óssip Mandelstam (1891-1938), Astier Basílio decidiu compartilhar este processo editando, em forma de cordel, os poemas de temática política, o que resultou no folheto: “Sal no machado”.


Minibio: Astier Basílio é mestre em literatura russa pelo Instituto Estatal Pushkin, de Moscou e atualmente é doutorando em literatura russa pelo Instituto de Literatura Maksim Górki, também na capital russa, onde mora. É autor de 15 livros, entre coletâneas de poemas, contos, peça de teatro e folhetos de cordel. Venceu os prêmios Novos Autores Paraibanos, em 2000, na categoria poesia, com o livro “Funerais da Fala”; o prêmio Nacional Correio das Artes, em 2010, na categoria poesia, com o livro “Finais em extinção”; o prêmio Nacional de Dramaturgia, pela Funarte, com a peça “Maquinista”, em 2014. Foi finalista do prêmio Sesc de Literatura, em 2017, com o seu romance “Supermercado Brasil Novo”.

Data

22 set 2022
Expirou!

Horário

18:00

Custo

Gratuito

Localização

Sala Multiuso da Bece

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *