|

Inscrições para oficinas e cursos gratuitos

A Biblioteca Pública Estadual do Ceará (Bece), equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult Ceará), gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar – IDM, oferta durante o mês de janeiro oficinas e cursos formativos. Confira as informações abaixo: 

– OFICINA “BORDADO E CORDEL” COM LAURA MOREIRA

Dias: 11, 12 e 13 de janeiro, de 17h às 20h
Local: Espaço Multiuso da Bece 
Carga horária: 9h
Número de Vagas: 25
Faixa etária: A partir de 18 anos
Público alvo: artistas visuais, professoras, mediadores de leitura ou demais pessoas interessadas
Ficha de Inscrição: https://forms.gle/pcPkFCiymHm7uUgx5 (Inscrições encerradas)

A oficina oferece aos participantes uma imersão prática pelo universo das linhas e agulhas do bordado através das imagens e temas que permeiam a literatura de cordel. A proposta é criar juntos um bordado que reproduz a estética da xilogravura, técnica de gravura na qual se utiliza a madeira para reproduzir a imagem gravada sobre o papel. Tudo isso enquanto compartilhamos percepções e observações sobre a palavra rimada do cordel, que narra cenas da cultura popular. 


Gracy Kelly

– OFICINA “JOGOS TEATRAIS: UM DIÁLOGO ENTRE TEATRO E LIBRAS”, COM GRACY KELLY 

Dias: 26 e 27 de janeiro, de 14h às 18h.
Local: Espaço Multiuso da Bece
Carga horária: 8h
Número de Vagas: 25
Faixa etária: A partir de 18 anos 
Público alvo: Pessoas surdas e profissionais com noções básicas em Libras que se interessem pelo assunto 
Ficha de Inscrição:  https://forms.gle/17cGn6SbcL7JBxtL7 

A oficina “Jogos Teatrais: um diálogo entre teatro e Libras” tem por objetivo criar diálogos para/com diferentes intuitos criativos. O corpo será trabalhado, explorando sua gestualidade e composição em cenas. A improvisação ajudará no encontro de um repertório inesperado. Estruturada em dois encontros, a oficina propõe práticas coletivas: movimentações corporais, expressões emotivas, relacionamento com o próximo, expressão sentimental através do corpo, espaço e olhar, possibilidades estéticas em discursos, criação e leitura dos corpos em cena teatral. O convite é para viver em um espaço de jogos corporais e linguísticos com a Libras. 



CICLOS FORMATIVOS EM HUMANIDADES: INTERFACES LITERÁRIAS, REALIDADES IMAGINADAS

Dias:  24, 25, 26, 27 e 31 de janeiro, de 18h às 20h
Local: Espaço Multiuso da Bece
Carga horária: 10h
Número de Vagas: 30
Faixa etária: A partir de 18 anos 
Ficha de Inscrição: https://forms.gle/7XXohtF3b6eZKDLw8

Os Ciclos Formativos em Humanidades – Interfaces literárias, realidades imaginadas correspondem aos debates acadêmicos em torno de autores, de pensadores que são referências em determinado assunto, seus principais temas de estudo, problemáticas e procedimentos teórico-metodológicos da pesquisa em Humanidades e suas inerentes relações com as inquietações da sociedade contemporânea. Dividido em cinco módulos, o programa conta com a  parceria do Programa de Pós-graduação em História da Universidade Federal do Ceará (UFC), Instituto Federal do Ceará (IFCE) através do Centro de Estudos Políticos e Sociais/Centelha – Ceará.  

24 de janeiro – Módulo I – Paul Zumthor: “a letra e a voz” com Kênia Sousa
25 de janeiro – Módulo II – Ecléa Bosi e a memória como problemática social com Odilon Monteiro 
26 de janeiro – Módulo III – História, ficção e psicanálise em Michel de Certeau com Francisco Régis Lopes
27 de janeiro – Módulo IV – Lilian Moritz Schwarcz e os estudos biográficos em torno de Lima Barreto com Valéria Lourenço 
31 de janeiro – Módulo V – Walter Benjamin e a modernidade com Abrahão Sampaio 


Juliana Tavares

CURSO LIVRE: “PRODUÇÃO CULTURAL INDEPENDENTE: LIVRO, LEITURA E LITERATURA” COM JULIANA TAVARES

Dias: 16, 18, 20, 23 e 25  de janeiro, de 14h às 18h 
Local: Espaço Multiuso da Bece
Carga horária: 20h
Vagas: 30 
Faixa etária: A partir de 18 anos 
Público alvo: Pessoas que atuam com produção e gestão de projetos artísticos e culturais, prioritariamente agentes e mediadores de bibliotecas comunitárias e projetos sociais de leitura
Ficha de Inscrição:https://forms.gle/QJtQMFWaUGJRQ4Ea6 

O curso tem como objetivo proporcionar um espaço de trocas entre profissionais do setor cultural. Na formação serão abordados conteúdos teóricos e práticos sobre elaboração de projetos, formalização de serviços, comunicação/mídias digitais e conceitos sobre a produção cultural âmbito Ceará/Brasil. Durante toda a formação, compartilharemos nossas experiências e projeções do mercado cultural para os próximos anos, fortalecendo a produção independente cearense.


Rui Boeira

– CURSO LIVRE “NARRATIVAS SONORAS: INTRODUÇÃO À PRODUÇÃO DE CONTEÚDO LITERÁRIOS ACESSÍVEIS”, COM RUI BOEIRA

Dias: 24, 25, 26, 27 e 31 de Janeiro
Local: Espaço Multiuso da Bece
Carga horária: 41h
Número de Vagas: 15
Faixa etária: A partir de 18 anos 
Ficha de Inscrição: https://forms.gle/L4NRkU6NKyrwGjwV7

O curso livre tem o objetivo de desenvolver processos de aprendizagem de práticas de narração, gravação e edição de audiolivros e peças sonoras. Será abordado conceitos e as técnicas de narração de audiolivros e outras narrativas sonoras como conhecimentos básicos de locução, gravação e finalização de peças em áudio de conteúdos literários.  O curso busca promover a introdução de pessoas na formação de produção de narrativas sonoras de conteúdo literário, desenvolvendo interesse por produções sonoras ligadas à acessibilidade cultural. O processo de aprendizado contará com aulas teóricas-práticas, resultando em conteúdos sonoros produzidos em áudio. 


Elzilene Nóbrega

– OFICINA “QUEM CONTA UM CONTO PARTILHA SEUS PONTOS” COM ELZILENE NÓBREGA

Dias: 24 e 26 de janeiro, das 16h às 21h
Local: Biblioteca Comunitária Livro Livre Curió – Rua Álvaro de Alencar, 330, Curió (Lagoa Redonda)
Carga Horária: 10h
Número de vagas: 20
Faixa etária: 18 anos
Público-alvo:  Agentes e mediadores de bibliotecas comunitárias e projetos sociais de leitura
Ficha de Inscrição: As vagas são voltadas para frequentadores da Biblioteca Comunitária Livro Livre Curió 

Passeando entre a história de alguns povos/comunidades e a literatura baseada nas narrativas de tradição oral, a oficina propõe uma discussão, a partir do trabalho da escritora Elzilene Nóbrega com o recolhimento de narrativas de tradição oral feito na cidade de Pacajus, sua importância para a atualidade e as novas gerações de leitores/ouvintes. A oficina, destinada para pessoas interessadas pela arte de contar histórias de diferentes formas, oferecerá uma experiência teórico-estética com exercícios que possibilitem encontros de alguns recursos para a narração, escuta e registros de histórias: memória, oralidade e partilha.

Dúvidas ou informações: 
programacao.bece@idm.org.br  

Leia também